PT
EN

Montes Claros Garrafeira Tinto

Designação: DOC Borba
Castas: Aragonez, Trincadeira, Syrah e Touriga Nacional

Solos: Xisto

Enologia: Óscar Gato

Elaboração: O Montes Claros com designativo “Garrafeira” foi elaborado a partir de uma seleção prévia de vinhas velhas instaladas em solos de xisto, com controlo rigoroso da produção de uva por hectare e acompanhamento da evolução da maturação em cada casta e talhão específico. Este processo envolveu, particularmente, os viticultores associados, os quais tiveram um extremo cuidado para a produção de uvas de qualidade extra. Na chegada à Adega as uvas foram esmagadas suavemente com desengace total, seguindo-se o processo de fermentação alcoólica em lagar de inox, com pisa mecânica moderada, terminando em maceração durante 10 dias, sob controlo de temperatura a 24ºC.

Estágio: A fermentação maloláctica ocorreu em barricas de 1ª utilização de carvalho francês, americano e castanho, à qual se seguiu um estágio de 12 meses nas mesmas barricas. Após ligeira filtração, ocorreu o engarrafamento e um estágio final em cave de 30 meses em garrafa.


Análises

Teor Alcoólico: 14,5% vol. 
pH: 3,55
Acidez Total: 5,90 g/l 
SO2 Total: < 120 mg/l

 

Notas de Prova

Cor:  Aspecto límpido e cor granada com profundidade.
Aroma: Boa intensidade aromática, com destaque nas notas de frutos vermelhos em compota, café, chocolate e especiarias.
Paladar: Sabor macio, com frescura frutada, excelente estrutura, ligeira adstringência especiada e tostada, com taninos silvestres, mas suaves e encorpados. Final gordo muito prolongado, com equilíbrio, elegância e persistência.
 

Como servir: Temperatura de 16-17ºC.

Gastronomia: Em acompanhamento de vitela, borrego, caça ou doces conventuais.
Consumo: Este vinho pode ser consumido de imediato, mas de preferência poderá deixá-lo estagiar até 10 anos.

 

  Partilhar
  Vinhos
Ver Produtor       
Vinhos do Alentejo 2023