PT
EN
  Notícias  
31.05.2022
Confraria dos Enófilos do Alentejo entregou prémios do seu IX Concurso
Depois de dois anos de interregno, e em cerimónia de anúncio e distribuição de prémios, a Confraria dos Enófilos do Alentejo, entregou os prémios do seu IX Concurso Melhores Vinhos do Alentejo. A distribuição de galardões ocorreu durante um jantar integrado no evento Évora Wine, que teve lugar este fim de semana na Praça do Giraldo em Évora.

Os maiores prémios em disputa, as medalhas de ouro, foram atribuídos ao vinho branco «Foral de Évora 2020» da Fundação Eugénio de Almeida, entregue a Adília Granadeiro da FEA e ao vinho tinto «Pai Chão – Grande Reserva 2016» da Adega Mayor, entregue a Rita Nabeiro.

As medalhas de prata foram atribuídas ao vinho branco «Quinta da Fonte Souto 2020» da Quinta da Fonte Souto; ao vinho rosado «Porta da Ravessa 2021» da Adega Cooperativa de Redondo; e ao vinho tinto «Quinta do Carmo 2018» da Bacalhôa Vinhos.

Quinze jurados escolhidos entre especialistas da área vitivinícola provaram e classificaram os 124 vinhos entregues por 31 produtores de todas as áreas e sub- regiões vinícolas alentejanas. No final das provas cegas atribuíram 18 menções honrosas, três medalhas de bronze, três de prata e duas de ouro.

Pedro Luiz de Castro, novo Juiz da Mesa (o equivalente a Presidente da Direção), diz que «a Confraria continua a defender o Alentejo, a pureza e extraordinária qualidade dos seus vinhos. Este concurso que organizamos tem como objetivo premiar, não só a qualidade do vinho produzido no Alentejo, mas também dar a conhecer aos consumidores uma nova geração de enólogos e produtores.»

Para a X edição do Concurso Melhores Vinhos do Alentejo a decorrer em 2023 esperam-se algumas novidades, mas sobretudo uma sempre crescente participação dos produtores alentejanos, unidos na promoção e difusão da qualidade dos seus vinhos.

Nascida em 1991, a Confraria comemorou recentemente os seus 30 anos, e sempre teve como objetivo divulgar a pureza e autenticidade da vinha e do vinho do Alentejo, abrangendo fundamentalmente as suas vertentes históricas e culturais, mas igualmente as económico-sociais.

Os símbolos desta Confraria são o tradicional Capote Alentejano, com o chapéu abeiro, bem como a insígnia, emblema e o estandarte.
 
  Voltar
  Partilhar
Vinhos do Alentejo 2023