PT
EN
  Notícias  
27.05.2019
China está a descobrir os Vinhos do Alentejo

O mercado chinês já é o quinto mais importante das exportações de vinhos do Alentejo e promete continuar a crescer. Outra aposta de vendas externas da CVR Alentejo passa pela América Latina, com destaque para a Colômbia e o México.

A República Popular da China já é o quinto maior mercado de exportação dos vinhos do Alentejo, em valor. De acordo com os dados obtidos pelo Jornal Económico, este mercado consumiu cerca de 3,9 milhões de euros de vinhos alentejanos no período acumulado de 12 meses entre outubro de 2017 e setembro de 2018. Em volume, a exportação de vinhos da região do Alentejo para a China no período em análise foi de mais de um milhão de litros. O mercado chinês registou um crescimento de exportações de vinhos alentejanos de 14,4% em valor e de 6,1% em volume no período em questão, além de ter registado uma subida do preço médio na ordem dos 7,9%.

Neste ranking das exportações dos vinhos do Alentejo – vinho DOC (Denominação de Origem Controlada) e vinho regional – os maiores mercados acima da China, em valor e em volume, foram o Brasil, Angola, Estados Unidos e Suíça. Só que destes cinco principais mercados de exportação, além do crescimento em valor na China, só o Brasil teve um comportamento idêntico (subida de 13,3%) nos doze meses compreendidos entre outubro de 2017 e setembro de 2018, uma vez que os destinos de Angola, Suíça e Estados Unidos registaram quebras em valor de 35,2%, 0,9% e 13,7%, respetivamente.

 
  Voltar
  Partilhar
Vinhos do Alentejo 2023