PT
EN

Tinto de Castelão 2014


Informação Técnica

Classificação: Vinho Regional Alentejano
Conceito: Castelão (sin. Periquita) é uma casta de pouca concentração, que caiu para segundo plano nesta era dos tintos concentrados. Alentejana de raiz (de acordo com os últimos estudos), ocupa incomodamente a 3ª área de vinha da região, apesar de nos vinhos estar renegada a papéis secundários ou de figurante. Os “antigos” dizem, que não era na concentrção que estava a sua virtude, mas sim na longevidade, "ela precisa de tempo”!. A este “Tinto de Castelão” foi-lhe então dado tempo. Tempo de curtimenta (30 dias), tempo de barrica (12 meses), tempo de garrafa (12 meses) e.... tempo para ser ele próprio: na sua cor, mais frágil, na sua elegância e na persistência dos seus taninos. O resultado? Um sorriso nostálgico de algo vindo do passado.
Castas: Castelão
Vinificação: As uvas são suavemente esmagadas e movidas por gravidade para dentro de cubas de inox cuja temperatura é regulada para a fermentação decorrer a 27ºC com duas remontagens por dia. A fermentação é espontânea.
Estágio: 12 meses em barricas de carvalho francês.
Enólogo: António Maçanita
 
 

Notas de Prova

Cor: Cor granada-ruby frágil.
Aroma: Aroma fino, com notas de ameixa, tabaco e especiarias
Paladar:  Na prova o ataque é meio encorpado, com boa frescura. A textura monta no meio de prova, todo em elegância, termina com taninos presentes e firmes.
 


Análises

Álcool: 13,5% Vol.
 

  Partilhar
  Vinhos
Ver Produtor       
Vinhos do Alentejo 2017