PT
EN

Montes Claros Reserva Tinto

Castas: Aragonez, Trincadeira, Touriga Nacional, Cabernet Sauvignon e Syrah

Solos: Argilo-calcários e xistosos.

Elaboração: As uvas, provenientes de vinhas previamente seleccionadas e em geral de videiras com mais de 30 anos, seguem um rigoroso controlo de maturação para determinação da altura óptima de vindima manual. Na Adega, as uvas chegaram em condições óptimas e iniciou-se o desengace parcial e o esmagamento das uvas, seguido da fermentação e duma maceração prolongada de 10 a 12 dias, para extrair os melhores aromas e toda a complexidade do fruto. Seguiu-se a fermentação maloláctica, parte em depósitos de inox e parte em barricas de madeira.

Estágio: Para maior complexidade, estrutura e riqueza, o lote final seleccionado estagiou 12 meses em barricas de 2º e 3º ano, de carvalho francês e americano, e 6 meses em garrafa para afinamento final.

 

Características Físico-Químicas

Teor Alcoólico: 14 % vol.
pH: 3,55
Acidez Total: 5,80 g/l
SO2 Total: < 130 mg/l



Perfil Organoléptico

Aspecto Visual: Aspecto límpido, cor granada profunda.
Aspecto Olfactivo: Aroma rico e cheio, evidenciando aromas a compota, geleia e cacau.
Aspecto Gustativo: Sabor macio, encorpado e complexo, com destaque nas notas de frutos pretos muito maduros e taninos robustos, persistentes, que garantem longevidade.

Como servir: Temperatura de 16-18ºC.

Gastronomia: Em acompanhamento de pratos de carne ou de queijo de pasta semi-dura. Este vinho pode ser consumido de imediato, se preferir, poderá também deixá-lo estagiar pelo menos 5-6 anos.

  Partilhar
  Vinhos
Ver Produtor       
Vinhos do Alentejo 2017