PT
EN

Montes Claros Colheita Tinto

Castas: Aragonez, Syrah e Touriga Nacional

Solos: Argilo-calcários e xistosos

Elaboração: Das melhores parcelas dos viticultores associados certificadas para a produção de vinho D.O.C. Alentejo – sub-região de Borba -, as uvas beneficiam de um controlo rigoroso da evolução de maturação directamente nas vinhas para a selecção final. Imediatamente após a sua chegada à Adega, inicia-se o desengace e esmagamento da uva, seguindo-se o processo de fermentação alcoólica acompanhado de maceração – 6 a 10 dias – sob temperatura controlada de 25 a 28ºC.

Estágio: Após a conclusão da fermentação maloláctica, o vinho estagiou 12 meses em depósitos de inox, e para afinamento das suas características finais cerca de 3 meses em madeira de carvalho francês e americano antes do engarrafamento.



Características Físico Químicas

Teor Alcoólico: 13,5% vol. 
pH: 3,55 
Acidez Total: 5,60 g/l 
SO2 Total: < 120 mg/l


 

Perfil Organoléptico

Aspecto Visual: Uma cor granada com nuances violáceas.
Aspecto Olfactivo: Um aroma intenso a frutos vermelhos maduros e ligeira especiaria.
Aspecto Gustativo: Na boca, o sabor é macio e equilibrado, os taninos suaves, frutados e condimentados.

Como servir: Temperatura de 16-18ºC.

Gastronomia: Em acompanhamento de peixes gordos assados, carnes vermelhas grelhadas ou queijo de pasta mole. Este vinho pode ser consumido de imediato, mas poderá também deixá-lo estagiar até 3-4 anos.

  Partilhar
  Vinhos
Ver Produtor       
Vinhos do Alentejo 2017