PT
EN

Medeiros Tinto 2013


Denominação: Vinho Regional Alentejano

Sub-região: Moura
Castas: Aragonez, Touriga Nacional e Syrah

 


Viticultura

Clima: Continental-Mediterrânico, caracterizado por baixa precipitação; estação de crescimento semi-árida com temperaturas diárias elevadas. Verão com boas amplitudes térmicas pré-vindima.
Características do solo: Solos sedimentares magnesianos, variando de textura franco-arenosa a argilo-limosa, com horizontes marcados. Muitas áreas compreendem solos com características xisto-argilosas laminares. Embora muito pobres em matéria orgânica, os solos ácidos, ou ligeiramente ácidos têm uma fertilidade média e uma elevada capacidade de retenção de água.
Área da vinha: 31 hectares

Relevo e declive: Ligeiramente ondulado, declive predominante W/SW – E/NE.
Densidade de plantação:2.8m x 1.2m
Sistema de condução: Cordão unilateral
Irrigação: Irrigada com exigências rigorosas e controladas em conformidade com os parâmetros de qualidade.

As práticas culturais são estritamente adaptadas a cada variedade e talhão, com o objectivo de produzir o fruto de melhor qualidade. Cada planta é individualmente inspeccionada para garantir que a produção não ultrapassa o limite especificado por planta. Durante a vindima, a uva é cuidadosamente seleccionada e transportada para a adega em pequenas caixas de 25 kg.
ProcessoAs uvas são colhidas manualmente; Maceração pré-fermentativa a frio; Inoculação com leveduras seleccionadas; Fermentação prolongada e maceração em cubas de aço inoxidável.
Envelhecimento:  Envelhecido durante 6 meses em barricas de carvalho francês. 


 

Notas de prova

Cor: Cor granada viva profunda.
Aroma: Notas de especiarias e frutos vermelhos.
Paladar: Vinho com uma robustez equilibrada. Agradável e fresco na prova de boca, cercado por taninos macios e elegantes. 

 

 

  Partilhar
  Vinhos
Ver Produtor       
Vinhos do Alentejo 2017