PT
EN

Gáudio Clássico Tinto 2013

País: Portugal
Região: Alentejo
Sub-região: Vidigueira
Classificação: Vinho Regional Alentejano
Clima: Clima mediterrânico com uma ligeira continentalidade no período Primavera-Verão.
Solo: Xisto
Castas: 40% Touriga Nacional, 40% Alicante Bouschet, 10% Aragonez e 10% Tinta Miúda  
Produção: 60.000 garrafas
Enólogo: Paulo Laureano



Vinificação

Após a colheita, as uvas são rececionadas na adega e reencaminhadas para as câmaras frigoríficas onde a sua temperatura é controlada até aos 10ºC durante 12 horas. Os cachos são depois desengaçados e as uvas quebradas. Fermentam parcialmente em depósitos de inox tronco-cónicos e balseiros de carvalho francês.
Após a fermentação alcoólica e malolática, o estágio decorre parcialmente durante 7 meses em barricas novas de carvalho francês da marca Seguin Moreau (tosta média - grão fino), até ao engarrafamento. O estágio em garrafa ocorre no mínimo durante 12 meses.

Engarrafmento: A frio, enchimento semi-automático.



Análises

ABV: 14,5%
Açúcares Totais: 1,4 g/dm3
Acidez Total: 6,6 g/dm3 (Ac. Tartárico)
Acidez Volátil: 0,254g/dm3 (Ac. Acético)
pH: 3,41



Notas de prova

Cor: Granada.
Aroma: Boa fruta negra, ameixas, mirtilos, algum achocolatado.
Paladar: Entrada suave na boca, bem concentrado, com acidez bem viva a revelar a sua juventude, taninos firmes e sedosos, terminando fresco e muito apetecível.
Consumo: Após 12 meses de engarrafamento, até 8 anos.
Gastronomia: Acompanha na perfeição carne de novilho maturada, um estufado lento de caça grossa e ainda um bacalhau ou até peixes típicos estufados ou assados.
Temperatura de consumo recomendada: 15º C / 16º C

  Partilhar
  Vinhos
Ver Produtor       
Vinhos do Alentejo 2017