PT
EN

Gáudio Alvarinho 2016


Sub-region: Vidigueira
Classificação: Vinho Regional Alentejano
Clima: Microclima Vidigueira. Clima mediterrânico com grande influência Atlântica, assim como uma ligeira continentalidade no período Primavera-Verão.
Solo: Xisto
Casta: Alvarinho
Produção: 15.000 garrafas
Enólogo: Paulo Laureano



Vinificação

Ainda no campo, a vindima é feita manualmente e as uvas sujeitas a uma primeira escolha. Estas são depois reencaminhadas para as câmaras frigoríficas da adega, onde a sua temperatura é estabilizada até aos 10ºC e durante 12 horas. Nas mesas de escolha dá-se início a uma rigorosa seleção dos melhores cachos, que são depois desengaçados. Depois de serem devidamente quebradas, as uvas vão diretamente para as prensas de vácuo, onde sofrem uma prensagem suave sem contacto com oxigénio, de forma a proporcionar mostos limpos e sem oxidações. A fermentação é feita em depósitos de inox com temperatura controlada entre os 12ºC-12.5ºC, dando origem a fermentações prolongadas de aproximadamente 30 dias. Concluída a fermentação alcoólica, segue-se a battonage que se prolonga aproximadamente por 2 a 3 meses, também em depósitos de inox com temperaturas controladas. Com os vinhos já estruturados, é iniciada a estabilização tartárica durante aproximadamente 3 semanas pelo método clássico. De seguida, são selecionados os lotes de Alvarinho, sendo depois o vinho engarrafado e encaminhado para a cave onde faz um estágio de 2 a 3 meses.

Engarrafamento: A frio, enchimento semi-automático.



Análises

ABV: 12,5 %
Acúcares Totais: 3,6 g/dm3
Acidez Total: 6,1 g/dm3 (Ac. Tartárico)
Acidez Volátil: 0,39 g/dm3 (Ac. Acético)
pH: 3,10



Notas de prova

Cor: Citrina.
Aroma: Mostra notas de limão fresco, com uma mineralidade acentuada e ananás maduro.
Paladar: Na boca exibe uma frescura carcaterística que contrasta com uma estrutura mais presente. Equilíbrio e elegância estão por detrás da personalidade deste vinho.
Consumo: Após 2-3 meses de engarrafamento, até 4 anos. Manter em local fresco e seco ao abrigo da luz.
Gastronomia: Um vinho perfeito com ostras, mexilhões, vieiras ou outros frutos do mar. Perfeito para entradas.
Temperatura de consumo recomendada: 10ºc
 

  Partilhar
  Vinhos
Ver Produtor       
Vinhos do Alentejo 2017