PT
EN

Alabastro Branco 2015

Informação Técnica

Castas: Roupeiro (50%), Fernão Pires (30%) e Antão Vaz (20%)
Estágio: Cubas de aço inox.
Vinificação: As castas foram vinificadas separadamente, fermentando a baixas temperaturas para conservar os aromas. Após uma prensagem muito suave e uma decantação estática a frio, a fermentação ocorre em cubas de aço inox com temperatura controlada. O Roupeiro e o Antão Vaz conferem ao vinho notas florais e tropicais, o Fernão Pires dá notas de frutos exóticos.
Enólogo: Hugo Carvalho
Tipo de solo: Argilo-xistosos
Primeira colheita: 1991
 


História

Alabastro é um vinho cujo nome é inspirado num mármore semiprecioso encontrado no Alentejo. Procurou-se produzir um vinho tal como esta pedra, mineral e fresco. Tal como esta pedra, o Alabastro é um vinho resistente, de aromas citrinos que perduram na boca.


Perfil

Produzido com uvas das principais castas brancas do Alentejo, o Roupeiro (50%) e o Antão Vaz (20%), são complementados com o Fernão Pires (30%). Na terceira semana de Agosto a vindima começou com a colheita do Fernão Pires seguida do Roupeiro e do Antão Vaz.

 

Análises

Álcool (%vol.): 14%
PH: 3,20
Açúcar Residual: 2,4 g/l
Acidez Total(g/I AT): 5,4
SO2 Total (mg/I): 105
Temperatura de Serviço: 10-12ºC


Notas de prova

Cor: Cor amarelo pálido.
Aroma: Aroma frutado e intenso onde predominam notas de frutos exóticos.
Paladar: Paladar frutado com nuances de frutos tropicais. No final é ligeiramente acídulo, o que lhe confere elegância e presença.
Gastronomia: A acidez equilibrada deste vinho mineral e fresco, combina na perfeição com mariscos, carnes brancas, saladas leves, massas e aperitivos como amendoins e amêndoas torradas.

 

  Partilhar
  Vinhos
Ver Produtor       
Vinhos do Alentejo 2017