PT
EN

Adega de Borba Branco

Castas: Antão Vaz, Arinto e Roupeiro

Solos: Argilo-calcários e xistosos

Elaboração: As uvas são vindimadas a partir do final de Agosto, de acordo com a evolução da maturação em cada vinha e sempre da parte da manhã, de forma a manter o mais possível a frescura das mesmas. Na Adega, após o desengace e esmagamento da uva, procede-se ao esgotamento do mosto e à prensagem, salvaguardando as características qualitativas e varietais do mosto. O mosto lágrima (mosto que escorre sem prensagem) clarifica durante 18 a 24 horas e fermenta a uma temperatura constante de 18ºC, ao longo de 14 dias. Decorrido um período durante o qual o vinho estabiliza por processos físicos, efectua-se o seu engarrafamento após o Inverno.


 

Perfil Organoléptico

Aspecto Visual: Aspecto límpido, cor citrina bem definida.
Aspecto Olfactivo: Boa intensidade aromática conjugando frutos tropicais e citrinos.
Aspecto Gustativo: Sabor macio, fresco com predominância do sabor a lima, com final persistente a frutos citrinos.


 

Características Físico-Químicas

Teor Alcoólico: 13%Vol
Acidez Total: 5,80 g/l
pH: 3,20
SO2 Total: < 160 mg/l

Como servir: Temperatura de 8-10ºC.

Gastronomia: Em acompanhamento de marisco, peixes frescos grelhados, carnes brancas ou como aperitivo. Este vinho deverá ser consumido jovem dentro de 2-3 anos.

  Partilhar
  Vinhos
Ver Produtor       
Vinhos do Alentejo 2017